linha top 1
Governo Federal
Universidade Federal de Roraima

O projeto de extensão “Ações para o enfrentamento da Pandemia COVID-19”, vinculado ao curso de Medicina da Universidade Federal de Roraima (UFRR), já capacitou mais de 150 profissionais da saúdedo Hospital Materno Infantil, Operação Acolhida e Hospital de Campanha, além de produzir mais de cinco mil máscaras, cinco mil protetores faciais, aventais e protetores de pés.

 

Foto: Equipe de capacitadores

As ações integram os mais de 20 projetos desenvolvidos por meio do programa “UFRR no apoio ao enfrentamento à pandemia provocada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2)”, da UFRR. O objetivo principal do projeto “Ações para o enfrentamento da Pandemia COVID-19” é contribuir no campo da assistência médica, com medidas que auxiliem os profissionais de saúde no campo do ensino, pesquisa e extensão.

O pró-reitor de Assuntos Estudantis e Extensão, professor Gilson Costa, afirma que são projetos desta qualidade técnica que fazem da UFRR uma instituição fundamental no enfrentamento dos desafios sociais. “O projeto saiu na frente no combate ao Covid-19 e a UFRR parabeniza a toda equipe do projeto pelo trabalho”, salientou.  

A coordenador do projeto, professor Ruy Guilherme, explica que a ideia surgiu na constatação da rápida progressão da epidemia do COVID19, que logo transformou-se em pandemia em fevereiro último e a constatação dos problemas surgidos na Itália, “notadamente o esgotamento dos recursos tais como equipamento de proteção individual (EPI) e a dificuldade na capacitação das equipes de saúde para lidar com o manuseio dos pacientes”, ressaltou.

Foto: treinamento para intubação

Ele explica que no campo da educação, o projeto vai atuar com treinamentos práticos e on line para médicos e internos de medicina. Na pesquisa, por meio de ensaios clínicos com fármacos com potencial in vitro contra o vírus. Na extensão, vai fornecer aos serviços de saúde modelos de EPI, que possam mitigar a escassez de recursos para esses materiais.

Relevância - O projeto dirige-se a quatro aspectos fundamentais na luta contra a pandemia: 1) Capacitação de equipes de profissionais de saúde para o manuseio das emergências relacionadas no manuseio de pacientes com COVID-19; 2) a capacitação das equipes de saúde para biossegurança no manuseio de pacientes com COVID-19; 3) Fornecimento de materiais de EPI e; 4) Pesquisa, por meio de ensaio clínico realizado no Hospital Geral de Roraima (HGR), para avaliar a terapia com cloroquina, hidrocloquina e ivermectina.

Foto: Linha de produção dos equipamentos

Bolsistas - Os alunos bolsistas vêm colaborando ativamente com o projeto desde março em diversas frentes, especialmente no projeto e confecção de EPI's e no monitoramento da pesquisa de campo, nesse caso, o projeto conta com alunos voluntários e que já tiveram a infecção pelo COVID. Eles auxiliam na monitoração do ensaio clínico. “Deve-se ressaltar que o projeto de máscara e protetores faciais foram projetados e desenvolvidos totalmente pelos nossos alunos, que realizaram testes de qualidade e organizaram linhas de produção”, finalizou Guilherme.

Outras informações: http://ufrr.br/ultimas-noticias/6259-ufrr-realiza-projeto-de-enfrentamento-a-pandemia-covid19-2

Foto: Modelo de EPI

 

arte na escola
ncontruir
itcpes