linha top 1
Governo Federal
Universidade Federal de Roraima

Com o objetivo de colaborar no enfrentamento a situação de pandemia em Roraima, por meio de estratégias educacionais e assistenciais, o projeto de “enfrentamento a situação de crise na saúde”, criado no âmbito do Programa “UFRR no apoio ao enfrentamento à pandemia provocada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2)” tem preparado enfermeiros e acadêmicos de enfermagem para o atendimento a pacientes com Covid-19.

 

A professora do curso de Enfermagem da UFRR, Cintia Freitas Casimiro, coordenadora do projeto, explica que a ideia é contribuir no preparo de recursos humanos o atendimento a pacientes com a doença. Depois, o projeto ampliou-se para produção de Equipamentos de Proteção Individual (EPI). “Verificamos a dificuldade de oferta desse material aos profissionais de saúde que estão na linha de frente. Também são desenvolvidas atividades de educação em saúde voltada à comunidade, com informações de saúde na prevenção do COVID-19”, ressaltou.

Fotos (Projeto/Divulgação): Professor e enfermeiros

A coordenadora assinala que o projeto cumpre o papel social da UFRR, atendendo os objetivos do Plano Nacional de Extensão Universitária de priorizar práticas voltadas para o atendimento de necessidades sociais emergentes. Relacionado principalmente as áreas de educação e saúde, o projeto possibilita novos meios e processos de transferência de conhecimentos, favorecendo a ampliação do acesso ao saber e o desenvolvimento tecnológico e social do país. “A ação é importante porque prepara o profissional frente a uma doença de abrangência mundial, no controle da transmissibilidade e, assim, é possível reduzir os números de pessoas contaminadas”, alerta.

Foto: Uso correto dos equipamentos

Os bolsistas vão colaborar na confecção de EPIs e na realização das estratégias de educação em saúde. O projeto permite com que os acadêmicos e profissionais de enfermagem preparem-se para reconhecimento, triagem e manuseio do paciente; na produção e distribuição de EPI’s; na produção de tecnologias em saúde que subsidiem estratégias de educação em saúde para usuários dos serviços de saúde; e sensibilização de trabalhadores e usuários mediante estratégias de educação em saúde a fim de contribuir no controle da pandemia.

O pró-reitor de Assuntos Estudantis e Extensão, professor Gilson Costa, explica que o programa “UFRR no apoio ao enfrentamento à pandemia provocada pelo novo coronavírus” (SARS-CoV-2)”, agrega mais de 20 projetos e que o Centro de Ciências da Saúde (CCS/UFRR) é uma das unidades mais atuante neste cenário, pode sua característica e pela qualidade em que integra ensino, pesquisa e extensão. “Os futuros enfermeiros formados na UFRR estão conectados com os desafios sociais e sanitários. Com estes projetos extensionistas quem ganha é a população”, comemorou.

  Foto: Capacitação de acadêmicos e profissionais de enfermagem na UFRR

arte na escola
ncontruir
itcpes