linha top 1
Governo Federal
Universidade Federal de Roraima

O projeto “Percepção ambiental em tempos da Pandemia do SARS-COV-2 a partir das tecnologias sociais” faz parte do Programa "UFRR no apoio ao enfrentamento à pandemia provocada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2)", implantado na instituição para dar apoio a diversos projetos e potencializar suas atividades. 

 

Com o título: “Percepção ambiental em tempos da Pandemia do SARS-COV-2 a partir das tecnologias sociais: movimentos e ações que definem o público em um momento de crise”, o projeto faz o acompanhamento da preferência de público de Boa Vista (RR) quanto aos pedidos remotos de hortifrutis da Cooperativa dos Cinco Polos (COOPERCINCO), visando a segurança alimentar. A ação é feita via web (Google Formulários). A COOPERCINCO foi fundada em 2006, inicialmente com um grupo de agricultores vindo do sul do Brasil, constituída com o objetivo de coordenar a vida social e econômica dos agricultores do Projeto de Assentamento Nova Amazônia, zona rural de Boa Vista. 

O coordenador, professor Paulo Sérgio Maroti, explica que o projeto surgiu quando foi analisado o aumento da atenção em nível mundial com a segurança alimentar e a busca por alimentos saudáveis ligados a produção orgânica/agroecológica visando o aumento da imunização dos consumidores a partir do surgimento da Pandemia do Sars-Cov-2. “Diante dessa realidade, buscou-se junto a cooperativa agropecuária dos Cinco Polos (COOPERCINCO) a estruturação de um formulário para a organização do delivery de produtos e monitorar a demanda de consumo dos produtos em meio aos dados de avanço da pandemia.

A relevância social está na possibilidade de se definir, a partir de tecnologias o perfil de consumidores de produtos agroecológicos, em tempos de crise e a relevância acadêmica está no uso da tecnologia social e da comunicação como instrumento de pesquisa qualitativa e quantitativa, que possibilita o estreitamento das ações entre universidade e cooperativa de agricultores.

Os bolsistas colaboram na estruturação do formulário e acompanhamento dos dados da plataforma GOOGLE FORMS. Com isso o projeto espera melhorar as relações entre universidade e sociedade civil, por meios da cooperativa de agricultores; compreender por meio da metodologia da percepção o comportamento diante da pandemia do Sars-Cov-2 o comportamento ao consumo de alimentos agroecológicos, condicionado a classe, gênero e informação e; a promover a formação de discentes para o uso das Tecnologias Sociais (Google Forms; SPSS, entre outras) na perspectiva do cooperativismo.

arte na escola
ncontruir
itcpes