linha top 1
Governo Federal
Universidade Federal de Roraima

O objetivo do "Curso de produção de sabão e saberes contra a Covid-19" é produzir sabão a partir de óleo de fritura e de outras receitas do conhecimento popular para o combate à Covid-19. A ação faz parte do Programa "UFRR no apoio ao enfrentamento à pandemia provocada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2)".

Fotos: Divulgação

Por meio do treinamento é possível destilar álcool hidrato para produção de álcool anidro; construir coletivamente uma campanha de arrecadação do óleo de fritura envolvendo a comunidade roraimense; implantar nos campi da UFRR um sistema de coleta de óleo de fritura; identificar pessoas da comunidade externa com saber popular e que produzem sabões caseiros; coletar e reutilizar produtos que seriam descartados na natureza como: garrafas pet, recipientes de produtos de limpeza (como amaciante, água sanitária, etc); promover a educação ambiental, contribuindo para a mudança de práticas quanto à reutilização do óleo de cozinha, das garrafas pet e sua relação com a problemática socioambiental; favorecer a conservação do meio ambiente e promover saúde coletiva, evitando transtornos às redes de esgotamento sanitário; produzir  vídeos sobre orientações do Ministério da Saúde quanto à prevenção e combate ao novo coronavírus; produzir sabão em barra e sabão líquido a partir da integração de saberes populares e conhecimentos científicos; produzir cartilhas e vídeos sobre todos os processos de produção e; distribuir os produtos produzidos e arrecadados às comunidades carentes e vulneráveis do estado de Roraima.

O coordenador do projeto, professor Francisco dos Santos Panero, do departamento de Química, do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT/UFRR) diz que o projeto surgiu após sua participação de um curso de produção de sabão em barra e líquido realizado via aplicativo de mensagens instantâneas promovido pela Universidade Estadual do Mato Grosso (UNEMAT). “Depois pensamos em executar o curso no Estado de Roraima. Além da produção de sabão, agregamos ao curso o ensinamento de outras substâncias no combate ao Covid-19, como a água oxigenada, o hipoclorito de sódio, e a iodopovidona, assim como a confecção de vídeos de curta duração ensinando a população a preparar estas substâncias, acrescentou.

A relevância acadêmica está na promoção do conhecimento acadêmico dos alunos de graduação em Química, Biologia, Medicina, Medicina Veterinária, Enfermagem e Agroecologia da UFRR quanto à produção de sabão, além dos princípios de limpeza e higienização. “A proposta vincula-se na Educação Ambiental por se tratar de reutilização de óleo de cozinha e garrafas plásticas na produção dos produtos de limpeza. Além disso, também se ampara na Educação Popular, uma vez que se utiliza de saberes populares articulados aos conhecimentos científicos para a produção dos sabões”, disse professor Francisco.

O projeto tem sua relevância social enquanto medida preventiva para o combate e controle da contaminação por meio da produção de sabão a partir de óleo de fritura, além de sensibilizar a sociedade quanto ao uso correto de saneantes e colaborar com as comunidades vulneráveis, incluindo povos indígenas. 

O coordenado explica que os bolsistas atuam diretamente na produção de sabão em barra e sabão líquido. Eles recolhem os materiais doados na reitoria (garrafas PET, garrafas opacas, garrafas de vidro âmbar, óleo de cozinha usado, soda caustica), armazenando o material. São realizados testes com os diversos tipos de receitas na produção de sabão em barra e em líquido, seja com soda cáustica, aquecendo o óleo, ou com óleo frio, sem álcool, com álcool, etc, assim como testes de filmagens e; testes de diluição da água sanitária.

Além da produção dos produtos, o projeto visa conscientizar a comunidade sobre destinação adequada do óleo de fritura usado na produção de sabão e recipientes pet, evitando assim, o descarte incorreto. “Com a participação efetiva da sociedade, faz-se possível uma alternativa ecologicamente correta, visando a conservação do meio em que vivem. Assim, esta iniciativa pretende intensificar a ideia de responsabilidade social e ambiental”, lembrou o coordenador.

 

Contato: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

arte na escola
ncontruir
itcpes